Como montar meu primeiro aquário

Como montar meu primeiro aquário

No artigo desta semana, venha conosco do Blog Escola de Aquário para aprendermos juntos a como montar o seu primeiro aquário. Vamos passar dicas valiosas dos principais pontos a serem levados em consideração.

1. Defina o tipo de peixe e o local de instalação

Na hora de começar a montar um aquário, a primeira dica é pesquisar que tipo de peixe você quer possuir. Não caia na tentação de misturar os peixes. Cada espécie tem um tamanho, comportamento e parâmetros de alimentação distintos. Antes de iniciar o seu primeiro aquário, que tal consultar um especialista que lhe indicará quais os melhores tipos de peixe para o seu projeto?

Entre em contato agora mesmo conosco para auxiliarmos você nesta primeira e tão essencial etapa. Utilize uma das opções abaixo:
Formulário online: Clique aqui
WhatsApp: 19 99278-9018
Email: [email protected]

Para ajudar você escolher seus peixes, é interessante consultar o site Aquarismo Paulista para ver quais peixes são compatíveis com o nível de pH, Temperatura, comportamento etc.

Após isso, chegou a hora de definir o local de instalação. Lembre-se que o local escolhido pode contribuir para o sucesso ou pode dificultar o equilíbrio do Ecossistema.

A base do aquário
Um aquário é pesado, por menor que ele seja. Tendo isso em mente, compre uma base própria para o tamanho do tanque e nunca subestime o peso dele. Evite racks de TV, buffets ou cômodas. A nossa sugestão é que você vá à uma loja especializada para comprar o melhor suporte.

Para o seu primeiro aquário, recomendamos um tanque de 75 a 95 litros com peixes resistentes. Nunca comece com um aquário de 40 litros, pois manter a qualidade da água em tanques menores é mais difícil. Conforme você for se especializando, a recomendação avançada é um tanque de 200 litros para receber uma boa variedade de peixes.

2. Iluminação

O aquário ficará na área externa? Quanto mais escuro for a ambiente onde você montar seu aquário, melhor é a forma de controlar a quantidade de raios solares que entram nele. É importante controlarmos a intensidade e o período da iluminação, pois tanto o excesso quanto a falta podem aumentar o crescimento de algas.

O local de instalação deve ser protegido de sol e chuva em excesso para colaborar com a durabilidade do móvel onde o aquário será apoiado. A claridade pode danificar ou diminuir a vida útil do móvel de apoio, bem como a chuva e a umidade.

Se o seu aquário estiver dentro de casa e perto de uma janela, evite deixá-lo exposto à claridade excessiva. Opte por instalar uma cortina blackout para reter a iluminação. Cada mínimo detalhe é importante na hora de montar o seu primeiro aquário.

3. Filtragem do aquário

Os filtros hang on (que ficam pendurados na parte traseira do aquário) são os mais recomendados na hora de escolher um sistema de filtragem para um aquário de até 100 litros. Para acima de 100 litros, sugerimos a instalação do filtro Canister.

O ideal é que ele filtre a água de 5 a 10 vezes o volume do aquário. Exemplo: para um aquário de 100 litros, por hora esse filtro terá de filtrar pelo menos 500 litros. No entanto, esses valores vão depender muito da fauna. Para um aquário com peixes Kinguio, que costumam sujar mais a água, o filtro terá de filtrar 10 vezes o volume do aquário. Recomendamos que você consulte um especialista para saber o melhor para o seu projeto.

Sua instalação é bem simples: encha o filtro de água antes de ligá-lo e o instale na parte traseira do tanque, onde o escoamento tem o objetivo de distribuir a água.

Aceleradores biológicos
São bactérias em um pote que são colocados no aquário, aos poucos e principalmente no começo de vida dele. A sua finalidade é acelerar a criação da colônia de bactérias responsáveis por consumir substâncias tóxicas como: amônia, nitrito e nitrato (produzidas naturalmente por fezes, resto de ração e plantas mortas). Assim assegurando uma água de boa qualidade.

4. Decoração e montagem

Os peixes podem ficar estressados se você quiser modificar o ambiente, portanto, organize todo o ambiente antes de colocar os peixes. As folhas das plantas ajudam a manter os peixes saudáveis, mas algumas espécies amam comê-las. Para evitar isso, escolha as plantas de acordo com o tipo de peixe.

Aconselhamos colocar plantas vivas para manter a saúde do aquário, optando por plantas mais simples de serem cultivadas, com baixa necessidade de nutrientes. Para manter o aquário sempre saudável, o ideal é ter de 5cm a 10cm de substrato. Opte pelo cascalho. A areia é ideal para peixes e invertebrados que gostam de montar tocas, mas necessita de maiores cuidados e manutenções. Já ao instalar plantas naturais, as recomendações são o substrato fértil Mbreda Amazônia e ADA Amazônia e Prodbio Aquagrowth.

Dicas úteis:
– Lave bem os cascalhos.
– Não utilize sabão.
– Lave o substrato em água limpa antes de colocá-lo no aquário.

Mas lembre-se, caso utilize substrato fértil não é necessário lavá-lo, ele já vem pronto para ser utilizado.

5. Identificando vazamentos e checagem final

Antes de sair enchendo o tanque de água totalmente, é muito importante identificar vazamentos, principalmente para aquários usados. Encha o aquário com alguns dedos de água e espere meia hora. Tenha algum produto de vedação em mãos, como silicone próprio para aquários. Deixe pelo menos dois dedos abaixo do nível máximo. Encha o reservatório do filtro com água e ligue-o na tomada.

Antes de colocar os peixes, recomendamos que você espere até 2 horas para checar a temperatura, possíveis vazamentos e a circulação da água.

6. Controlando a temperatura

Acessórios utilizados:
– Aquecedor com termostato
– Termômetro
– Condicionador de água

O aquecedor com termostato deve ser instalado na parte interna do aquário, próximo da saída do filtro, e só pode ser ligado quando o aquário estiver cheio. É importante manter uma temperatura entre 25 °C e 30 °C, dependendo dos peixes que você irá colocar. Consulte a temperatura ideal para os seus peixes. Instale também um termômetro para você ter uma constante verificação da temperatura da água.

Evite deixar as luzes do aquário o tempo todo ligadas, pois elas podem até mesmo alterar a temperatura do aquário.
Você pode manter as luzes ligadas entre 4 e 6 horas por dia quando possui plantas artificiais e de 6 a 9 horas com plantas vivas.
Também recomendamos a utilização de um temporizador automático (Timer) pois assim não acontece de esquecer as lâmpadas acesas por muito tempo. Procure por lâmpadas que não emitam calor.

Utilize um condicionador de água para tirar o cloro e outras substâncias nocivas para os peixes, como metais pesados. A melhor água para o seu aquário é o da torneira, utilizando juntamente com o condicionador de água.

Dicas úteis:
– A ciclagem do aquário normalmente demora 30 dias para ser realizada, geralmente quando a colônia de bactérias está pronta para receber os peixes. Mas você pode acelerar essa ciclagem com os aceleradores biológicos.

– Monitore sempre a água (pH, amônia, nitritos e nitratos). Os níveis precisam ser ideias ou os seus peixes morrerão.

– Para um tanque novo, é uma boa trocar 15% da água por dia com a finalidade de mantê-lo sempre limpo, dependendo do nível de amônia. Uma boa alternativa aqui é adicionar plantas vivas, pois elas ajudarão a reduzir tais níveis. Outra boa opção é acrescentar diariamente acelerador biológico. Saiba que um erro muito comum cometido por Aquaristas é exagerar na ração, então lembre-se que a ração oferecida deve ser totalmente consumida em torno de 2 a 3 minutos e não deve sobrar no fundo pois vai se decompor e virar amônia que em alta concentrações se torna mortal.

7. Colocando os peixes no aquário

Agora, com toda a estrutura e ambientação devidamente prontas, chegou a hora de povoar o seu tanque com lindos peixes. Primeiramente, não compre todos os peixes de uma vez. Opte por adquirir de poucas unidades em torno de 2 a 5 e ir acrescentando a cada duas semanas, começando dos menores e deixando as maiores espécies por último. Monitore regularmente amônia e nitrito para ter certeza que esses parâmetros não estão subindo a níveis perigosos.

O saquinho ainda fechado com os peixes tem que ficar boiando na água, por aproximadamente 10 minutos. Esse processo irá ajudar na aclimatação de temperatura.

Depois, abra o saquinho e com um copo, pegue um pouco da água do aquário e jogue dentro do saquinho para fazer a aclimatação de outros parâmetros, repita este processo a cada 5 a 10 minutos por 3 a 5 vezes. Logo após, utilize uma redinha para tirar os peixes do saquinho com cuidado, e os coloque no aquário, a água que ficou no saquinho deve ser descartada.

Não introduza água de lojas no seu aquário pois pode conter micróbios causadores de doenças. Faça o mesmo procedimento com todas os demais peixes até finalmente o seu aquário ficar cheio de vida e beleza.

8. Manutenção é a melhor amiga de um aquário saudável

Agora que os peixinhos estão felizes e povoando o seu aquário, começa a parte da manutenção e teste dos parâmetros. No começo, quando o aquário é novo, o interessante é que os testes sejam diários. Conforme o tempo passar e o aquário ficar mais equilibrado, a checagem pode ser semanal Sugerimos a leitura complementar de outros 3 posts aqui mesmo do nosso blog:

– O que são Parâmetros no Aquarismo e quais os principais para Água Doce?
– Cuidados com seu aquário
– O que é manutenção?

Além disso, acesse a página de Cursos da Escola de Aquário para ter acesso a um material rico em informações técnicas que farão o seu hobby muito mais fácil e prazeroso. Clique no botão e se aprofunde no tema. E não deixe de comentar sobre o que você achou deste artigo!

Cursos Escola de Aquário

5 thoughts on “Como montar meu primeiro aquário

  1. Pingback: Principais doenças que os peixes podem ter - Escola de Aquário

  2. Pingback: O que não fazer quando montar seu primeiro aquário - Escola de Aquário

  3. Pingback: Como montar um aquário marinho - Parte 1/2 - Escola de Aquário

  4. Pingback: Principais Benefícios do Aquarismo - Escola de Aquário

  5. Pingback: Diferenças entre peixes de água doce e salgada - Parte 1/2 - Escola de Aquário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-book grátis:

Tudo o que você precisa saber sobre aquário plantado.

Para baixar o conteúdo, basta preencher o formulário abaixo.